Durante os nove meses da gravidez, as futuras mamães podem aproveitar o período para se engajar em diversas atividades que as ajudem a se cuidar e a aprender dicas sobre a saúde do bebê.

Um ótimo jeito de adquirir conhecimento e se divertir, ao mesmo tempo, é assistindo a filmes, documentários e séries sobre a gravidez, que combinam humor e informação.

No post de hoje falaremos sobre produções audiovisuais indicadas para grávidas que você não pode deixar de assistir. Acompanhe!

1. O que esperar quando você está esperando (2012)

O filme conta a história de cinco casais muito diferentes que estão esperando a chegada do seu bebê. São mostradas as dúvidas, as dificuldades e as descobertas ao longo da experiência da gravidez de cada casal, bem como cada um deles enfrenta de forma particular o acontecimento que mudará suas vidas.

Mudanças hormonais, brigas entre famílias e o apoio do pai durante a gravidez são temas abordados pelo longa-metragem. Os altos e baixos desse momento único são mostrados com muito humor e leveza, podendo ajudar os casais a lidarem melhor com questões relacionadas à gestação.

2. Distante nós vamos (2009)

O casal Burt e Verona esperam por seu primeiro filho, vivendo em uma pequena cidade dos Estados Unidos. Quando os pais de Burt decidem se mudar para a Bélgica, o casal percebe que nada os prende na região em que moram. Por isso, decidem fazer uma longa viagem pelo país para descobrir onde seria o melhor lugar para criar o seu bebê.

Os futuros pais passam por diversas cidades, observando diferentes modelos familiares e formas de criar as crianças. O filme mostra que família é aquilo o que nós fazemos dela e que cada uma tem o seu jeito próprio de criar e educar os filhos.

3. Nove meses (1995)

“Nove meses” conta a história de Samuel e Rebecca, um casal que namora há cinco anos e vive tranquilamente em San Francisco. Essa tranquilidade tem fim quando Samuel descobre que a namorada está grávida, desesperando-se com a notícia. Ele então percebe que toda sua vida mudará nos próximos nove meses.

Apesar de ser um terapeuta infantil, o futuro papai não gosta de crianças e fica apavorado com a ideia da paternidade. No fim, o filme mostra como a gestação representa para os pais um momento de grande crescimento pessoal.

4. Juno (2007)

O filme narra, de forma divertida e sarcástica, a trajetória de uma adolescente de 16 anos que engravida do seu melhor amigo da escola. Ela e o amigo decidem, então, levar a gravidez até o fim e entregar o bebê para adoção. A adolescente precisará, então, escolher o casal que ficará com seu filho.

No decorrer da história, Juno, a protagonista, tem que enfrentar diversas situações delicadas e inesperadas, sobretudo para uma menina da sua idade. São evidenciadas as relações de apoio e compreensão entre os familiares durante a gestação.

5. O renascimento do parto (2013)

“O renascimento do parto” é um documentário nacional que trata sobre a realidade dos partos no Brasil e no mundo, com o crescimento alarmante de partos cesáreos e o distanciamento do parto natural e humanizado. A produção é baseada na famosa frase de Michel Odent: “para mudar o mundo, primeiro é preciso mudar a forma de nascer”.

São mostrados depoimentos de especialistas da área, que contestam o modelo obstétrico atual, e de mulheres do mundo inteiro, que tiveram diferentes experiências com o parto natural. Esse documentário é ideal para as mulheres que pretendem realizar o parto normal e querem mais informações sobre o assunto.

6. O começo da vida (2016)

Esse documentário tem o objetivo de criar um movimento em prol da primeira infância, que vai do nascimento até os 6 anos. O período contribui para o desenvolvimento total do indivíduo e tem impacto durante toda a vida.

A produção percorre os quatro cantos do mundo, analisando o comportamento de diferentes famílias na criação das crianças e mostrando a importância dos primeiros anos de vida na formação do indivíduo. “O começo da vida” apoia o investimento no desenvolvimento infantil, como uma forma de tornar o mundo um lugar melhor e nos faz refletir sobre nossas atitudes frente às crianças que estamos criando.

7. A vida secreta dos bebês (2014)

Esse documentário é voltado tanto para as grávidas enquanto esperam seus bebês quanto para as mães que já têm bebês em casa. São foco do trabalho os dois primeiros anos das crianças, que são os mais críticos durante o seu desenvolvimento. Diversos relatos durante o período de gestação completam a produção.

O documentário ainda traz uma análise do período em que os bebês aprendem a falar, andar, socializar e desenvolver mecanismos de defesa. Além disso, tira dúvidas clássicas das mães, como:

  • O que se passa na cabeça do bebê?
  • O que significa cada tipo de choro do bebê?
  • Como o bebê enxerga e ouve?

É uma ótima dica para as grávidas e mães que gostariam de entender melhor o comportamento do seu bebê.

8. Call the midwife (2012)

“Call the midwife” é uma série britânica estreada em 2012 que conta a história de uma enfermeira jovem de classe média, que trabalha como parteira junto a um grupo de freiras, nos anos 1950. Elas oferecem seus serviços para a população de baixa renda da época.

A enfermeira atua em partos sob condições precárias e precisa se virar com os recursos a que dispõe. A série mostra de forma fidedigna as condições do período e a forma como aconteciam os partos normais dentro das casas. É uma ótima pedida para as grávidas que gostariam de saber mais sobre a história do parto.

Essa lista te ajudará a se divertir, pensar e refletir sobre a gravidez de uma forma fácil e leve, no conforto de sua casa. Eles ainda podem ser vistos na companhia do futuro papai ou de outra pessoa que te acompanhe na gravidez.

O que você achou dessas dicas de documentários, séries e filmes para grávidas? Boas? Então compartilhe esse texto nas suas redes sociais para que suas amigas grávidas também aprendam enquanto se divertem!


Fonte: CordVida